Michael Oakeshott

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Michael Oakeshott
Michael Oakeshott
Michael Oakeshott em outros projetos:

Michael Joseph Oakeshott (Chelsfield, 11 de dezembro de 1901 — Acton, 19 de dezembro de 1990) foi um filósofo e um teórico político inglês que escreveu sobre a filosofia da história, filosofia da religião, estética e filosofia do direito.[1]



  • "Ser conservador é preferir o familiar ao desconhecido, preferir o tentado ao não tentado, o fato ao mistério, o real ao possível, o limitado ao ilimitado, o próximo ao distante, o suficiente ao superabundante, o conveniente ao perfeito, a felicidade presente à utópica."[2]

Referências

  1. Fuller, T. (1991) 'The Work of Michael Oakeshott', Political Theory, Vol. 19 No. 3.
  2. Oakeshott, Michael. Rationalism in Politics. London: Methuen, 1962: p. 127; [1]