Marie Under

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marie Under
Marie Under
Marie Under em outros projetos:

Marie Under (27 de março de 1883 - 25 de setembro de 1980) foi uma poetisa estoniana. É uma das principais representantes do Siuru, movimento literário expressionista e neo-romântico do início do século XX.


A pedra tirada do coração (La Pierre ôtée du cœur), 1935[editar]

  • Como poderia dormir, se amo tanto!
A lua no chão colocou folhas de prata,
no céu como lágrimas nascem das estrelas.
Como eu poderia, e você e eu, esquecer de nós!
Comment pourrais-je dormir, alors que j’aime tant !
La lune sur le plancher a mis des feuilles d’argent,
au ciel comme des larmes éclosent des étoiles.
Comment pourrais-je, et toi et moi, nous oublier !
  • Comment pourrais-je dormir, primeira estrofe
- Marie Under (trad. Michel Dequeker),La Pierre ôtée du cœur : poèmes, éd. Librairie Saint-Germain-des-Prés, 1970, p. 1, vers 1-4
  • "A pedra do orgulho em seus lábios, sua mente ainda fechada para os outros,
mas seu coração treme como uma lebre e perguntas perfuram sua língua."
La pierre de l’orgueil à tes lèvres, ton esprit encore fermé aux autres,
mais ton cœur comme un lièvre tremble et les questions percent ta langue.
  • "Mortel", segunda estrofe
- Marie Under (trad. Michel Dequeker), La Pierre ôtée du cœur : poèmes, éd. Librairie Saint-Germain-des-Prés, 1970, p. 3, versos 1-2