Leônidas Proaño

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leônidas Proaño em outros projetos:

Leônidas Eduardo Proaño Villalba, nasceu no dia 29 de janeiro de 1910, no Equador. Faleceu no dia 31 de agosto de 1989, em Quito, no Equador. Foi um bispo no Equador, defensor da Teologia da Libertação[1] [2].


  • "Disseram-me que sou um bispo 'vermelho', comunista. Eu me confesso cristão. Um sacerdote, um bispo que se esforçou para ser cristão. Portanto, não devo ter medo das calúnias, das ameaças, nem da morte. Se trabalhar de maneira cristã pela paz, a justiça e os direitos humanos dos mais pobres é ser 'vermelho', oxalá que todos nos voltássemos a ser 'colorados'[2]."
  • "Para que o homem mude é necessário viver a Teologia. Em outras palavras, é necessário viver o Evangelho... experimentar Cristo... experimentar Deus em Cristo, experimentar Deus através de Cristo... experimentar esta vivência entre os discípulos de Cristo, no seio da Igreja em seu sentido mais concreto.[3]"

Referências

  1. Há 21 anos, falecia Dom Leonidas Proaño, acesso em 22 de fevereiro de 2016.
  2. 2,0 2,1 Encontro analisará herança profética de Proaño, acesso em 22 de fevereiro de 2016.
  3. As opções fundamentais de Monsenhor Proaño, acesso em 22 de fevereiro de 2016.