Saltar para o conteúdo

Jorge Luis Borges

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Jorge Luis Borges
Jorge Luis Borges
Jorge Luis Borges
Wikipédia
Wikisource

Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo (Buenos Aires, 24 de agosto de 1899Genebra, 14 de junho de 1986) foi um escritor, poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta argentino.


  • "A velhice pode ser o nosso tempo de ventura. O animal está morto,ou quase morto. Restam o homem e a alma".
- La vejez...puede ser el tiempo de nuestra dicha. El animal ha muerto o casi ha muerto. Quedan el hombre y su alma.
- Elogio de la sombra‎ - Página 155, de Jorge Luis Borges - Publicado por Emecé, 1969 - 160 páginas
  • "A arte opta sempre pelo individual, o concreto; a arte não é platônica"
- El arte siempre opta por lo individual, lo concreto; el arte no es platonico
- "Aspectos de la literatura gauchesca: Conferencia"; (1950), página 6
  • "Sempre imaginei que o paraíso será uma espécie de biblioteca"
- Yo, que me figuraba el Paraíso bajo la especie de una biblioteca.
- Poema de los dones, 1960, http://www.poesi.as/jlb0402.htm
- Sete Noites, de Jorge Luis Borges, publicado por Max Limonad, 1983
  • "Dá o santo aos cães, atira tuas pérolas aos porcos; o que importa é dar."
- Da lo santo a los perros, echa tus perlas a los puercos; lo que importa es dar.
- "Elogio de la sombra", 1969
  • "Parece-me fácil viver sem ódio. Sem amor, acho impossível."
- Para mí, vivir sin odio es fácil, ya que nunca he sentido odio. Pero vivir sin amor creo que es imposible
- Siete noches - Página 158; "Siete noches"; Por Jorge Luis Borges, Roy Bartholomew; Colaborador Roy Bartholomew; Publicado por Fondo de Cultura Económica, 1980; Original da Universidade de Michigan; digitalizado pela 4 abr. 2008; 173 páginas
  • "Publicamos para não passar a vida a corrigir rascunhos. Quer dizer, a gente publica um livro para livrar-se dele."
- O pensamento vivo de Jorge Luis Borges‎ - Página 15, de Jorge Luis Borges, Martin Claret, Cristina Fonseca - Claret, 1987 - 126 páginas
  • "De todos os instrumentos do homem, o mais surpreendente é, sem dúvida nenhuma, o livro."
- de los diversos instrumentos del hombre, el más asombroso es, sin duda, el libro
- Universidad de Belgrano, em maio de 1978
- Traduzido de Borges Oral, Obras Completas IV.www.olivro.com.
- citado em "Jorge Luis Borges: La biblioteca, símbolo y figura del Universo"; Por Angel Nogueira Dobarro; publicado por Anthropos Editorial, 2004; ISBN 847658640X, 9788476586402; 189 páginas; books.google, página 69
  • "Não acumules ouro na Terra, porque o ouro é pai do ócio, e este, da tristeza e do tédio."
- Revista Caras: Citações (em português).
  • "Eu não sei se tem alguém do outro lado da linha, mas ser um agnóstico significa que todas as coisas são possíveis, mesmo Deus. Este mundo é tão estranho, tudo pode acontecer, ou não acontecer. Ser um agnóstico permite-me viver num mundo mais amplo, num tipo mais futurístico de mundo. Faz-me mais tolerante."
- Revista Leia, agosto de 1989.

Atribuidas[editar]

  • "A democracia é um erro estatistico, porque na democracia decide a maioria e a maioria é formada de imbecis"
- citado em "Tempo e presença", Volume 22, Centro Ecumênico de Documentação e Informação - 2000
  • "Lento em minha sombra, com a mão exploro / Meus invisíveis traços."
- citado em "A última viagem de Borges: duas possibilidades de encenação‎" - Página 68, de Ignácio de Loyola Brandão - Publicado por Global, 2005, ISBN 8526010069, 9788526010062 - 171 páginas
  • "A única coisa sem mistério é a felicidade porque ela se justifica por si só."
- citado em "Frases Geniais" - Página 13, de PAULO BUCHSBAUM - Editora Ediouro Publicações, ISBN 8500015330, 9788500015335
- El nacionalismo sólo permite afirmaciones y, toda doctrina que descarte la duda, la negación, es una forma de fanatismo y estupidez
- Jorge Luis Borges citado em Tendencias - Edições 27-36 - Página 3, Tendencias, 1994