John Cleese

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Cleese
John Cleese
John Cleese em outros projetos:

John Marwood Cleese (Weston-super-Mare, Somerset, 27 de Outubro de 1939) é um comediante e ator britânico.



  • Fico impressionado com como o riso nos liga às pessoas. É quase impossível manter qualquer tipo de distância ou noção de hierarquia social quando estamos simplesmente perdidos de riso. O riso é uma força democrática.
-The Human Face, BBC Television (2001)
  • Há seiscentos anos teríamos sido queimados por isto. Agora o que estou a sugerir é que evoluímos.
- A defender o filme A Vida de Brian no programa Friday Night Saturday Morning da BBC (9 de Novembro de 1979)
  • Se gostar de chocolate, não será surpresa para ninguém encontrar alguns chocolates no meu frigorífico, mas se descobrissem que tenho 16 armazéns cheios de chocolate, iam pensar que era doido. Todos estes tipos ricos são loucos, idiotas obsessivo-compulsivos que estão obcecados com dinheiro - só pensam em dinheiro - são todos doidos.
- Entrevista no Fresh Air with Terry Gross enquanto promovia o filme Fierce Creatures, que Cleese diz ser uma sátira à ganância de Rupert Murdoch. (1997)
  • O Basil Fawlty foi uma personagem fácil para mim. Não sei porquê, mas representar um rufia mau, reprimido e incompetente é algo que me sai naturalmente.
- Entrevista no Fresh Air with Terry Gross (1997)
  • Se não tivesse entrado para os Monty Python, é provável que tivesse seguido o meu plano original de me licenciar e ser um revisor oficial de contas, ou talvez um advogado e teria comprado uma casa bonita nos subúrbios, teria uma boa mulher e filhos e seria sócio de algum clube e depois suicidava-me.
- Entrevista no Fresh Air with Terry Gross (1997)
  • Quem se ri mais, sabe mais.
- Citado no livro de Jane Bluestein Creating Emotionally Safe Schools: A Guide for Educators and Parents‎, p.215 (2001).
  • Se querem trabalhadores criativos, dêem-lhes tempo suficiente para brincar.
- Citado no livro de Dale N. LeFevre Best New Games, p.9 (2002)
  • A tecnologia assusta-me bastante. É elaborada por engenheiros para impressionar outros engenheiros e vem sempre com livros de instruções que são escritos por engenheiros para outros engenheiros - e é por isso que quase nenhuma tecnologia funciona.
- Entrevista na BBC para Die Another Day (20 de Novembro de 2002)''
  • Se Deus não queria que comêssemos animais, então porque é que os fez com carne?
- Citado no livro de H.M. Leathem W.T.F.? : (What is Wrong With Tom Faerie?) (2006)
  • Quando se chega à minha idade, e agora tenho 66 anos, apercebemo-nos de que o mundo é uma casa de doidos e que a maioria das pessoas vivem numa fantasia de uma maneira ou outra. Por isso, assim que uma pessoa se apercebe disso, não é uma coisa que incomoda muito.
- Do documentário do Channel 4, The Secret Life of Brian (2007).
  • "Chamo-lhe a Digressão da Pensão de Alimentos II ou Alimentar a Besta. E aqui está uma fotografia recente da minha ex-mulher num multibanco de Londres a servir-se de algum do meu dinheiro".
- John Cleese a justificar o nome que deu digressão de comédia que fez em 2011. Cleese afirma que teve de pagar 20 milhões de dólares de pensão de alimentos em consequência do divórcio da terceira mulher e esta digressão foi um dos muitos trabalhos que teve de aceitar para pagar a despesa. Citado a partir do artigo "John Cleese feels 'free to do the things that interest him' after paying off £12million divorce settlement to ex wife Alyce Faye Eichelberger" do The Daily Mail.