Harry Styles

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Harry Styles
Harry Styles
Harry Styles em outros projetos:

Harry Styles (nascido em 1 de fevereiro de 1994 ) é um cantor, compositor e ator inglês que se tornou famoso como membro da boy band One Direction.



  • Alguns deles são engraçados. Alguns deles são ridículos. Alguns deles são irritantes. Não quero ser uma daquelas pessoas que reclama dos boatos. Nunca gosto quando uma celebridade entra no Twitter e diz: "Isso não é verdade!" É o que é, eu tendo a não fazer isso.
    • Some of them are funny. Some of them are ridiculous. Some of them are annoying. I don't want to be one of those people that complains about the rumours. I never like it when a celebrity goes on Twitter and says, "This isn't true!" It is what it is, I tend not to do that.
    • Entrevista para a revista britânico GQ (setembro de 2013)
  • Quem pode dizer que garotas que gostam de música pop - abreviação de popular, certo? - tem pior gosto musical do que um cara hipster de 30 anos? Não cabe a você dizer. A música é algo que está sempre mudando. Não há postes de meta. As meninas gostam dos Beatles. Você vai me dizer que elas não estão falando sério? Como você pode dizer que as meninas não entendem? Elas são nosso futuro. Nossas futuras médicas, advogadas, mães, presidentes, elas meio que mantêm o mundo funcionando. Fãs adolescentes - eles não mentem. Se elas gostarem de você, elas estão lá. Elas não agem 'muito legal'. Elas gostam de você e dizem a você.
    • Who's to say that young girls who like pop music – short for popular, right? – have worse musical taste than a 30-year-old hipster guy? That's not up to you to say. Music is something that's always changing. There's no goal posts. Young girls like the Beatles. You gonna tell me they're not serious? How can you say young girls don't get it? They're our future. Our future doctors, lawyers, mothers, presidents, they kind of keep the world going. Teenage-girl fans – they don't lie. If they like you, they're there. They don't act 'too cool.' They like you, and they tell you.
    • Entrevista para Cameron Crowe na Rolling Stone (18 de abril de 2017)
  • Eu não cresci no mundo masculino de um homem. Eu cresci com minha mãe e minha irmã. Mas eu definitivamente acho que nos últimos dois anos, fiquei muito mais contente com quem eu sou. Eu acho que há muita masculinidade em ser vulnerável e se permitir ser feminino, e estou muito confortável com isso. Crescendo, você nem sabe o que essas coisas significam. Você tem essa ideia do que é ser masculino e, à medida que cresce e experimenta mais o mundo, fica mais confortável com quem você é. Hoje é mais fácil abraçar a masculinidade em tantas coisas diferentes. Eu definitivamente acho - através da música, escrevendo, conversando com amigos e sendo aberto - que algumas das vezes quando me sinto mais confiante é quando me permito ser vulnerável. É algo que definitivamente tento fazer.
    • I didn’t grow up in a man’s man world. I grew up with my mum and my sister. But I definitely think in the last two years, I’ve become a lot more content with who I am. I think there’s so much masculinity in being vulnerable and allowing yourself to be feminine, and I’m very comfortable with that. Growing up you don’t even know what those things mean. You have this idea of what being masculine is and as you grow up and experience more of the world, you become more comfortable with who you are. Today it’s easier to embrace masculinity in so many different things. I definitely find – through music, writing, talking with friends and being open – that some of the times when I feel most confident is when I’m allowing myself to be vulnerable. It’s something that I definitely try and do.
    • Em conversa com Timothée Chalamet para revista i-D (2 de novembro de 2018)

Ligações externas[editar]