Diferenças entre edições de "William Somerset Maugham"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
971 bytes adicionados ,  19h47min de 17 de fevereiro de 2008
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: he:סומרסט מוהם)
 
*“Sempre me surpreendi um pouco com a paixão que as mulheres têm por se comportar de maneira tão perfeita no leito de morte daqueles que amam. Às vezes parece que lamentam a longevidade que adia sua oportunidade de representar uma cena tão comovente.”
 
===Histórias dos Mares do Sul===
Muitos leitores de Maugham não relutam em considerar "Histórias dos Mares do Sul" seu melhor livro de contos. E dentre os contos enfeixados no livro, "Vermelho" é tido como um dos melhores, senão o melhor. Da primeira à última linha, "Vermelho" é puro Maugham, com seu realismo amargo sobre o amor.
Poucas vezes ele descreveu um relacionamento amoroso de modo tão idílico e apaixonante como o fez ao narrar o romance entre "Vermelho" e Sally. A narrativa embala-nos no Sonho e quase acreditamos que é possível viver o Paraíso neste mundo.
Mas logo somos despertos pelo autor, pois ele faz questão de não nos deixar esquecer (nessa e em outras de suas obras) aquilo que os amantes preferem ignorar: que o amor morre, seja por descuido, por maltrato, por alguma fatalidade, ou pela inexorável e corrosiva ação do tempo.
Ler Maugham é sempre um prazer, mas é preciso renunciar a qualquer ilusão de eternidade.
 
==Frases==
Utilizador anónimo

Menu de navegação