Amália Rodrigues

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amália Rodrigues
Amália Rodrigues
Amália Rodrigues em outros projetos:

Amália da Piedade Rebordão Rodrigues (Lisboa, 23 de Julho ou 1 de Julho de 1920Lisboa, 6 de Outubro de 1999) fadista, considerada como a Rainha do fado


  • "Ai! Dessa noite o veneno / Persiste em me envenenar / Oiço apenas o silêncio / Que ficou em teu lugar / E ao menos ouves o vento / E ao menos ouves o mar."
- na música "Abandono"
  • "Acho inúteis nossos corpos / Quando o desejo é certeza"
- na música "Acho Inúteis As Palavras"
  • "O que interessa é sentir o fado. Porque o fado não se canta, acontece. O fado sente-se, não se compreende, nem se explica."
- citado por RTP, programa "Os Grandes Portugueses"

Sobre Amália[editar]

"Quando eu abrecei Amália, aqui, eu falei pra ela: é como se eu estivesse abraçando Portugal ... inteiro." -[Caetano Veloso, (1985, em show no Coliseu dos Recreios, Lisboa)]