A Última Batalha

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Última Batalha (1956) É o último livro da série As Crônicas de Nárnia tanto na ordem de publicação como na sugerida para leitura.


... na noite passada ouvi rumores de que Aslam encontra-se em Nárnia. Senhor, não acrediteis nessa história.
  • "Senhor, bem sabeis há quanto tempo venho estudando as estrelas, pois nós, os centauros, vivemos mais do que vós, homens, e ainda mais do que vós, unicórnios. Jamais, em toda a minha vida, vi coisas tão terríveis escritas nos céus quanto as que vêm aparecendo a cada noite, desde o início deste ano. As estrelas nada dizem sobre a vinda de Aslam, nem sobre paz ou alegria. Pelos meus conhecimentos, sei bem que, nestes quinhentos anos, jamais ocorreu tão desastrosa conjunção de planetas. Já estava pensando em vir prevenir Vossa Majestade de que algum grande mal está por abater-se sobre Nárnia. Mas na noite passada ouvi rumores de que Aslam encontra-se em Nárnia. Senhor, não acrediteis nessa história. Não pode ser. As estrelas nunca mentem, mas os homens e os animais, sim. Se Aslam estivesse realmente vindo para Nárnia, os céus o teriam predito. Se ele estivesse mesmo por vir, todas as estrelas mais formosas estariam reunidas em sua homenagem. É tudo mentira!"
- Passofirme sobre a vinda de Aslam
  • "Alguma coisa se movia. Vinha vindo vagarosamente rumo ao Norte. À primeira vista, quem a visse a confundiria com fumaça, pois era acinzentada e meio transparente. Mas o cheiro era de morte e não de fumaça... Além disso, a coisa tinha uma forma constante, em vez de se revolver e espalhar como fumaça. Lembrava ligeiramente a forma de um homem, mas a cabeça era de pássaro – parecia uma ave de rapina, com um bico curvo e cruel. Tinha quatro braços, que trazia erguidos acima da cabeça, esticados em direção ao Norte, como se quisesse abarcar Nárnia inteira com suas garras. E os dedos, todos os vinte, eram curvos como o bico, e no lugar de unhas havia umas garras compridas e pontudas como as de uma águia. Em vez de caminhar, a coisa flutuava sobre a grama, que parecia murchar à medida que ela passava."
- Tash
  • "Duas coisas eu acabo de ver. A primeira foi Cair Paravel cheia de narnianos mortos e de calormanos vivos. O estandarte do Tisroc avançou contra as suas reais muralhas, senhor, e vi os seus súditos fugindo da cidade para todos os lados, rumo às florestas. Cair Paravel foi tomada pelo mar. Vinte grandes navios calormanos ali aportaram na escuridão da noite, dois dias atrás. E a outra, umas cinco léguas para cá de Cair Paravel, foi o centauro Passofirme atirado ao chão, morto, traspassado por uma flecha calormana."
- O que a águia Sagaz viu
  • "Lembre-se de que todos os mundos chegam ao fim. E uma morte nobre é um tesouro que ninguém é pobre demais para comprar."
- As últimas palavras de Passofirme
...o gato estava tentando dizer alguma coisa, mas nada saía de sua boca...
  • "Foi então que algo terrível aconteceu. Tirian tinha quase certeza (e os outros também) de que o gato estava tentando dizer alguma coisa, mas nada saía de sua boca, a não ser o barulho comum e feio que emitiria qualquer bichano bravo ou assustado no fundo de qualquer quintal. E quanto mais ele miava, menos se parecia com um animal falante. Os outros animais romperam em apreensivos lamentos e guinchinhos agudos"
- Ruivo voltando a ser um animal mudo
  • "Todos haviam aprendido desde pequeninos que, no começo do mundo, Aslam transformara os bichos de Nárnia em animais falantes, advertindo-os de que, caso se portassem mal algum dia, voltariam a ser como antes, iguais aos animais irracionais de qualquer outro mundo."
- A advertência
  • "Sete reis e rainhas estavam parados à sua frente, todos eles com coroas na cabeça e vestes resplandecentes; os reis, porém, usavam também finas cotas de malha e empunhavam espadas."
- Os setes amigos de Nárnia
Muito bem, último dos reis de Nárnia, que permaneceu firme até na hora mais escura!
  • "Muito bem, último dos reis de Nárnia, que permaneceu firme até na hora mais escura!"
- O encontro de Aslan e Tirian
  • "O tempo é chegado. Agora! Tempo! – E depois rosnou mais alto. – Tempo! – E depois tão alto que até as estrelas estremeceram: – TEMPO!"
- Aslam
Eustáquio e Jill tinham visto um enorme gigante adormecido; e alguém lhes contara que o nome dele era Pai Tempo e que acordaria no dia em que o mundo acabasse...
  • "Certa vez, Eustáquio e Jill tinham visto um enorme gigante adormecido; e alguém lhes contara, na ocasião, que o nome dele era Pai Tempo e que acordaria no dia em que o mundo acabasse.
Sim – disse Aslam - Enquanto ele dormia, seu nome era Tempo. Mas, agora que acordou, vai ganhar um novo nome."
- O Pai Tempo
  • "Com um misto de espanto e terror, todos subitamente estremeceram ao se darem conta do que estava realmente acontecendo. A escuridão que se propagava não era nuvem coisa nenhuma: era simplesmente um vazio. A parte negra do céu era o lugar onde já não havia mais estrelas. Todas elas estavam caindo. Aslam as chamara de volta para casa."
- As estrelas
  • "As criaturas precipitaram-se para a porta e, à medida que se aproximavam das estrelas ali paradas, seus olhos tornavam-se cada vez mais brilhantes. Ao chegarem perto de Aslam, no entanto, uma entre duas coisas se passava com cada uma delas. Todas olhavam direto para a face do Leão. Quando algumas olhavam, a expressão de seus rostos mudava terrivelmente, com uma mistura de temor e ódio, exceto na cara dos animais falantes: nestes, tanto temor quanto ódio duravam apenas uma fração de segundos, pois, na mesma hora, deixavam de ser animais falantes, tornando-se simples animais comuns. E todas as criaturas que olhavam para Aslam daquele jeito desviavam-se para a direita (isto é, à esquerda dele), desaparecendo no meio da sua imensa sombra negra, do lado de fora do portal. Outras, porém, olhavam para a face de Aslam e o amavam, embora algumas ficassem ao mesmo tempo muito assustadas. E todas essas criaturas entravam pela Porta, colocando-se ao lado direito de Aslam."
- A travesia do porta
  • "Que agora haja um fim!"
- Aslam
  • "E assim cai a noite sobre Nárnia"
- Pedro
  • "Tenho certeza de que nada há de errado em chorar por causa de Nárnia. Pense só em quanta coisa está ali por trás daquela porta, tudo morto e congelado..."
- O lamento de Lúcia
Eu vi quando Nárnia começou. Mas nunca pensei que viveria o suficiente para vê-la morrer
  • "Eu vi quando Nárnia começou. Mas nunca pensei que viveria o suficiente para vê-la morrer"
- Lorde Digory
  • "Acabo de assistir à morte de minha própria mãe; pois que outro mundo, além de Nárnia, eu já conheci? Deixar de pranteá-la não seria virtude alguma, e, sim, descortesia."
- Tirian
  • "Eu e ele somos tão diferentes, que nenhum serviço que seja vil pode ser prestado a mim, e nada que não seja vil pode ser feito para ele. Portanto, se qualquer homem jurar em nome de Tash e guardar o juramento por amor a sua palavra, na verdade jurou em meu nome, mesmo sem saber, e eu é que o recompensarei. E se algum homem cometer alguma crueldade em meu nome, então, embora tenha pronunciado o nome de Aslam, é a Tash que está servindo, e é Tash quem aceita suas obras."
- Aslam desmentindo que seria um só com Tash
  • "Todos encontram o que realmente procuram"
- Aslam
  • "Acabaram-se as aulas: chegaram as férias! Acabou-se o sonho: rompeu a manhã!"
- Aslam
  • ". E as coisas que começaram a acontecer a partir daquele momento eram tão lindas e grandiosas que não consigo descrevê-las. Para nós, este é o fim de todas as histórias, e podemos dizer, com absoluta certeza, que todos viveram felizes para sempre."
- O Fim
Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: A Última Batalha.