Indígenas

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
(Redirecionado de Índios)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Povos indígenas da América do Sul

Indígenas são designados como povos aborígenes, autóctones, nativos ou indígenas, aqueles que viviam numa área geográfica antes da sua colonização por outro povo ou que, após a colonização, não se identificam com o povo que os coloniza.


  • "A dívida que a humanidade contraiu com o primitivo habitante das Américas está longe de ser resgatada, pois milhões de pessoas no mundo inteiro ignoram o valor desse legado. As principais plantas que hoje nos alimentam e que são utilizadas industrialmente foram descobertas e domesticadas pelos ameríndios."
- Berta Ribeiro, Ao vencedor, as batatas!, 1993
  • "O índio não existe. O que existe são centenas de nações indígenas, algumas tão diferentes umas das outras como é diferente o Brasil da Austrália."
- BOFF, Leonardo. 2001. O Casamento entre o Céu e a Terra. Contos dos Povos Indígenas do Brasil. Rio de Janeiro: Salamandra.
  • "Os únicos índios bons que já vi estavam mortos."
- The only good Indians I ever saw were dead
- Janeiro de 1869 em Fort Cobb
- Philip Sheridan citado em "This Country was Ours: A Documentary History of the American Indian"‎ - Página 162, de Virgil J. Vogel - 1972 - 473 páginas

No Brasil[editar]

Os índios do Brasil não são um povo: são muitos povos, diferentes de nós e diferentes entre si.
  • "Os índios do Brasil não são um povo: são muitos povos, diferentes de nós e diferentes entre si. Cada qual tem usos e costumes próprios, com habilidades tecnológicas, atitudes estéticas, crenças religiosas, organização social e filosofia peculiares, resultantes de experiências de vida acumuladas e desenvolvidas em milhares de anos. E distinguem-se também de nós e entre si por falarem diferentes línguas."
- RODRIGUES, Aryon Dall’igna. 1986. Línguas brasileiras: para o conhecimento das línguas indígenas. São Paulo: Loyola. (p. 17)
  • "Sou avessa a qualquer tipo de autoritarismo e de prepotência, de modo que é muito difícil eu acreditar em alguém que diz "Ah! Eu sou dono da verdade, sem dúvida nenhuma", como fazem os linguistas do Summer Institute of Linguistics. Gostaria de saber como é que eles não percebem o mal que fazem para os índios, porque se você destrói o sistema de crenças, destrói toda a autoestima. Os índios já enfrentam o problema de conviver com a discriminação. Quando alguém diz "Isso em que vocês acreditam não presta, Pajé é coisa do Diabo", como disseram para os Tupari... Queira ou não queira, para impor essa visão cristã, principalmente protestante, é preciso destruir o sistema de crenças existente e, com isso, se está prejudicando claramente a população indígena."
- Cruz, Aline da & Olga Coelho. 2018. Lucy Seki (1939-2017) em primeira pessoa do singular. LIAMES, 18(2): 414-428 — Campinas, Jul./Dez. 2018.
  • "Qual é o sentido profundo da palavra mameluco? É o de alguém gerado pelo colonizador no ventre de outra mulher nativa e que depois é tomado dela para oprimir seu gentio materno. O traidor do gentio materno. Esse é o paulista antigo. Esse é o bandeirante."
- Darcy Ribeiro, Antropologia ou a Teoria do Bombardeio de Berlim, 1979
  • "O fato de que, em trezentos anos de convivência com centenas de tribos, menos de quarenta pessoas tenham merecido o registro de seus nomes e em geral por razões banais, ilustra bem a insignificância, para o branco, do índio enquanto ser humano. Em meados do século XVIII o próprio João Daniel, missionário e bom conhecedor da Amazônia, dizia que os índios “só pelas feições parecem gente, [mas] no viver e trabalhar se devem entender por feras”."
- Antonio Porro, Dicionário etno-histórico da Amazônia colonial, 2007
  • "Se a língua tupi interessa particularmente à cultura nacional, deve-se isso ao papel que o idioma desempenhou na história do país, assim como à contribuição que trouxe para o português falado no Brasil. Não são razões de caráter glotológico. Sob êste prisma, o tupi teria o mesmo interêsse que qualquer outro idioma indígena do Brasil ou da América."
- Pe. Lemos Barbosa, Curso de Tupi Antigo, 1956
  • "Fallam estas gentes mais ou menos quatro idiomas: o chiquitano, o bororó, o hespanhol e o portuguez. Ora, de um povo, que dispõe assim de tão vastos conhecimentos linguisticos, longe deve ir a idéa de dizêl-o curto de civilisação."
- João Severiano da Fonseca, Viagem ao Redor do Brasil, 1880
- Cibae Ewororo (ou Lourenço Rondon), índio Bororo, de Mato Grosso. In: RODRIGUES, Aryon Dall’igna. 1986. Línguas brasileiras: para o conhecimento das línguas indígenas. São Paulo: Loyola.
  • "Vida renascendo das cinzas Ofaié
Vida passando pela morte Kaiová
Vida gerando no ventre Terena
Vida buscando o Guató retornar
A vida da terra que é vida
A vida plena da terra Guaicuru"
- Mangolim, Olívio. 1993. Povos indígenas no Mato Grosso do Sul. Campo Grande: Cimi (MS).
Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Indígenas.
Commons-logo.svg
O Wikimedia Commons possui multimídia sobre: Indígenas.