Bahá´u´lláh

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bahá´u´lláh
Bahá´u´lláh
Bahá´u´lláh em outros projetos:

Mírzá Husayn-'Alí (Persa:میرزا حسینعلی), que se proclamou Bahá'u'lláh (Teerã, 12 de novembro de 1817 - 29 de maio de 1892) (Árabe: بهاءالله, é um título que significa "A Glória de Deus) foi o fundador da Fé Bahá'í, a mais jovem das grandes religiões mundiais. Os seguidores de Bahá´u´lláh são chamados de bahá´ís.


Unidade[editar]

  • Não se vanglorie o Homem em amar a sua pátria, antes tenha ele glória em amar a sua espécie.
  • A terra é um só país e os seres humanos são seus cidadãos.
  • Tão forte é o poder da unidade, que pode iluminar a Terra inteira.
  • É verdadeiramente um Homem aquele que hoje se dedica ao serviço de toda a raça humana.
  • Convivei com todas as religiões em amizade e concórdia para que se inale de vós a doce fragrância de Deus. Vigiai para que a chama da tola ignorância não vos domine quando entre os homens. Tudo procede de Deus e a Ele retorna. Ele é a origem de tudo e n'Ele todas as coisas findam. [1]
  • Ó vós que habitais a terra! A religião de Deus visa o amor e união; não a torneis causa de inimizade e conflito.[2]
  • Bem-aventurado quem se associa a todos os homens em espírito de perfeita bondade e amor.
  • Todo Homem foi criado a fim de levar avante uma civilização destinada a evoluir para sempre.
  • Desejamos somente o bem do mundo e a felicidade das nações.
  • ..que todas as raças se unam e uma só Fé e que todos os homens sejam como irmãos; que os laços de afeição e união entre os filhos dos homens sejam reforçados, a diversidade de religião cesse e as diferenças de raça sejam anuladas.
  • Uni-vos, ó reis da terra, pois assim a tempestade da discórdia se aquietará entre vós, e vosso povo encontrará sossego - se sois dos que compreendem. Se alguém dentre vós lançar mão de armas contra outro, levantai-vos todos contra ele, pois isso nada mais é que justiça manifesta.[3]
  • Nutrimos a esperança de que o povo de Bahá possa ser guiado pelas palavras abençoadas: "Vede! Todas as coisas são de Deus!" Esta excelsa afirmação é como água para extinguir o fogo do ódio e da inimizade latente dentro dos corações e peitos dos homens.. Ele, deveras, diz a verdade e mostra o caminho. Ele é o Todo-Poderoso, o Excelso, o Benévolo.[2]
  • Ergueu-se o tabernáculo da unidade; não vos considereis uns aos outros como estranhos. Convivei com os seguidores de todas as religiões em espírito de amizade e camaradagem. Sois os frutos de uma só árvore, as folhas do mesmo ramo.

Educação, Conduta[editar]

  • Considerai o homem como uma mina rica em jóias de inestimável valor. A educação, tão somente, pode fazê-la revelar seus tesouros e habilitar a humanidade a tirar dela algum benefício.
  • A melhora do mundo pode ser realizada através de ações puras e boas, de conduta louvável e digna.
  • Uma língua bondosa é o imã dos corações dos homens, é o pão do espírito, veste de significado as palavras, é a fonte da luz da sabedoria e da compreensão...
  • Os Profetas e Mensageiros de Deus são enviados com o fim único de guiar a humanidade ao Caminho Reto da Verdade. É o intuito fundamental de Sua Revelação educar todos os Homens para que possam, na hora da morte, ascender ao trono do Altíssimo no grau máximo de pureza e santidade e com desprendimento absoluto.[4]
  • Inclinai vossas mentes e vossas vontades à educação dos povos e raças da terra para que talvez sejam apagadas de sua face dissensões que a dividem.

A busca da Verdade[editar]

  • Cada indivíduo deve fazer sua própria e independente busca da verdade.
  • A fim de descobrirmos a verdade, devemos abandonar os nossos preconceitos, as nossas próprias noções pequenas e triviais; uma mente aberta e receptiva nos é essencial. Se o nosso cálice está cheio de egoísmo, não pode haver lugar nele para a água da vida.
  • Embelezai vossas línguas com veracidade, ó povo, e adornai vossas almas com o ornamento da honestidade. Guardai-vos, ó povo, de tratar qualquer um de modo traiçoeiro.
- Seleção dos Escritos de Bahá'u'lláh
  • Para provardes esta verdade, examinai o que foi relatado em cada um dos Livros Sagrados.
- Kitab-i-Iqán - O Livro da Certeza
  • Meditai profundamente, para que se vos revele o segredo das coisas invisíveis e assim possais inalar a doçura de uma fragrância espiritual e imperecível e reconhecer o fato de que o Onipotente sempre prova Seus servos, desde os tempos imemoriais, e por toda a eternidade continuará a prová-los, a fim de que a luz se distinga das trevas, a verdade se diferencie da falsidade, o certo do errado, o esclarecimento do engano, a felicidade da desventura, e as rosas se distingam dos espinhos.

Ciências, Artes e Religião[editar]

  • As artes, as ciências ou qualquer outro trabalho, são tidos como adoração. O homem que faz um pedaço do papel da melhor maneira que lhe é possível, conscienciosamente, concentrando todas as suas forças a fim de aperfeiçoá-lo, está dando louvores a Deus. Numa palavra, qualquer esforço ou trabalho levado a efeito com toda a sinceridade, é adoração, se for incentivado pelos motivos mais nobres e pelo desejo de servir à humanidade.

Alma[editar]

  • Dentre todas as coisas criadas, é a primeira a declarar a excelência de Seu Criador, a primeira a reconhecer Sua glória, aderir à Sua verdade e curvar-se em adoração em Sua Presença. Se for fiel a Deus, refletirá Sua Luz e para Ele, finalmente, se voltará.[5]
  • Sabe tu, em verdade - a alma depois da sua separação do corpo, continuará a progredir até que atinja a Presença de Deus, num estado e condição que nem a revolução dos tempos e séculos mudará, nem os acasos, e as vicissitudes deste mundo poderão alterar. Durará enquanto durar o Reino de Deus... O movimento de Minha Pena cessa ao tentar descrever dignamente a sublimidade e a glória de tão excelsa condição. [6]

Palavras Ocultas[editar]

  • Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Meu primeiro conselho é este: Possui um coração puro, bondoso e radiante, para que seja tua uma soberania antiga, imperecível e eterna.

  • Ó FILHO DO ESPÍRITO!

A mais amada de todas as coisas, a Meu ver, é a Justiça; não te desvies dela, se é que Me desejas, nem a descures, para que Eu em ti possa confiar. Nela te apoiando, verás com teus próprios olhos e não com os alheios; saberás pela tua própria compreensão e não pela compreensão de teu semelhante. Pondera isto em teu coração: como te incumbe ser. Em verdade, a justiça é Minha dádiva a ti e o sinal de Minha misericórdia. Guarda-a, pois, ante os teus olhos.

  • Ó FILHO DO HOMEM!

Velado em Meu Ser imemorial e na eternidade antiga de Minha Essência, conheci Meu amor por ti e assim te criei, gravando em ti Minha imagem e revelando-te Minha beleza.

  • Ó FILHO DO HOMEM!

Amei tua criação, por isso te criei. Ama-Me, pois, para que Eu possa mencionar teu nome, e te inundar a alma com o espírito da vida.

  • Ó FILHO DO SER!

Ama-Me, a fim de que Eu te possa amar. Se não Me amas, de modo algum pode o Meu amor te atingir. Sabe isto, ó servo!

  • Ó FILHO DO SER!

Teu paraíso é o Meu amor; teu lar celestial, a reunião Comigo. Entra nele e não tardes. Isso é o que te foi destinado em Nosso Reino nas alturas e em Nosso excelso domínio.

  • Ó FILHO DO HOMEM!

Se Me amas, não te prendas a ti mesmo; e se buscas Meu prazer, não consideres o teu próprio; para que tu morras em Mim e Eu possa viver eternamente em ti.

  • Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Eu te criei rico; porque te empobreces? Nobre te fiz; com o que te rebaixas? Da essência da sabedoria, Eu te concedi a existência; por que buscas iluminação de outro, senão de Mim? Da argila do amor, te moldei; como é que te ocupas com outro? Volta teu olhos a ti mesmo, a fim de que, dentro de ti, Me possas encontrar, forte, poderoso, O que subsiste por Si Próprio.

  • Ó FILHO DO HOMEM!

Tu és Meu domínio, e Meu domínio não perece; por que temes perecer? És Minha luz, e Minha luz jamais se extinguirá; por que receias extinção? És Minha glória, e Minha glória não se esvaece; és Minha vestimenta, e Minha vestimenta jamais se desgastará. Permanece firme, pois, em teu amor por Mim, a fim de que Me possas encontrar no reino de glória.

  • Ó FILHO DA PALAVRA!

Volve tua face à Minha e renuncia a tudo salvo a Mim, pois Minha soberania perdura e Meu domínio não perece. Se buscares outro que não seja Eu, ainda que procures eternamente no universo, tua busca será em vão.

  • Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Nobre Eu te criei, mas tu te tens rebaixado. Eleva-te, pois, àquilo para que foste criado.

  • Ó FILHO DO SER!

Como pudeste esquecer as tuas próprias faltas e ocupar-te com as alheias? Quem assim fizer, será por Mim abominado.

  • Ó FILHO DO HOMEM!

Nem sequer sussurres os pecados alheios enquanto tu próprio fores pecador. Fosses tu transgredir este mandamento, maldito serias, e disso dou testemunho.

  • Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Sabe tu, em verdade: quem exorta os homens a serem justos mas comete, ele mesmo, iniqüidades, não pertence a Mim, ainda que seja chamado por Meu nome.

  • Ó FILHO DO SER!

Não atribuas a nenhuma alma o que não desejarias que a ti fosse atribuído, nem digas o que não cumpres. É este Meu mandamento a ti; observa-o.

  • Ó FILHO DO SER!

Examina-te a ti mesmo, cada dia, antes de seres instado a prestar contas, porque a morte, sem prenúncio, te haverá de sobrevir e serás chamado a responder por teus atos.

  • Ó FILHO DO SUPREMO!

Fiz da morte a mensageira de teu júbilo. Por que lamentas? A luz, Eu a fiz derramar sobre ti o seu esplendor. Por que te ocultas diante deste esplendor?

  • Ó FILHO DO ESPÍRITO!

Com as jubilosas novas de luz, Eu te saúdo: alegre-se! À corte da santidade, Eu te chamo; ali permanece, a fim de poderes viver em paz para todo o sempre.

Notas[editar]

  1. Kitáb-i-Aqdas # 144 p.57
  2. 2,0 2,1 Bahá'u'lláh, Epístolas de Bahá'u'lláh
  3. Baháu'lláh, Seleção dos Escritos de Bahá'u'lláh # p.254
  4. Bahá'u'lláh, Seleção dos Escritos de Bahá'u'lláh # p.156-157
  5. Bahá'í World Faith # p. 195
  6. Op. cit., p.65