Osmar Santos

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Osmar Santos em outros projetos:

Osmar Aparecido Santos (Osvaldo Cruz, 28 de julho de 1949 - ), é um radialista brasileiro.


  • "Ou reclamava do que perdi ou aproveitava o que me sobrou. Resolvi aproveitar."
- Ao expor pela primeira vez os quadros que começou a pintar depois do grave acidente que sofreu há sete anos e o afastou da profissão
- Fonte: Revista IstoÉ Edição 1669

Bordões e frases nas transmissões esportivas[editar]

  • "Pimba na gorduchinha."
- citado em "O rádio, o futebol e a vida" - página 163, Flávio Araújo - Senac, 2001, ISBN 857359196X, 9788573591965 - 301 páginas
  • "Ripa na chulipa."
- citado em "O rádio, o futebol e a vida" - página 163, Flávio Araújo - Senac, 2001, ISBN 857359196X, 9788573591965 - 301 páginas
  • "É fogo no boné do guarda."
- citado em "O rádio, o futebol e a vida" - página 163, Flávio Araújo - Senac, 2001, ISBN 857359196X, 9788573591965 - 301 páginas
- Jogada de perigo na área
  • "Bambeou mas não caiu"
- citado em "A bola no ar: o rádio esportivo em São Paulo" - página 73, Volume 45 de Novas buscas em comunicação, Edileuza Soares, Summus Editorial, 1994, ISBN 8532304613, 9788532304612, 113 páginas
- Quando a bola quicava na trave e não entrava no gol