Rio: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
41 bytes adicionados ,  19 de novembro de 2008
m
fonte
m (fonte)
m (fonte)
 
* "Do rio que tudo arrasta, dizemos que é violento, só não dizemos que são violentas as margens que o comprimem."
:- ''[[Bertolt Brecht]], no poema "Sobre a Violência"''
:- ''[[Goethe]]
 
* "Só jogue no rio (ou no mar) o que o peixe pode comer."

Menu de navegação