Diferenças entre edições de "História"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
m
sem resumo de edição
m
m
 
* "Sem [[pecado]], nada de [[sexualidade]], e sem [[sexualidade]], nada de [[História]]".
::- ''men uden Synden ingen Sexualitet og uden Sexualitet ingen Historie''
:::- ''[[Søren Kierkegaard]]; "Fire Opbyggelige Taler" [Quatro Discursos Construídos] in: "Søren Kierkegaards samlede værker; udgivne af A.B. Drachmann, J.L. Heiberg og H.O. Lange" - [http://books.google.com.br/books?id=ukQYAAAAYAAJ&pg=PA319 Página 319]; de Søren Kierkegaard - Publicado por Gyldendalske boghandels forlag (F. Hegel & søn), 1843; 430 páginas''
 
* "A História da [[sociedade]] até aos nossos dias é a história da [[luta de classes]]"
::- ''[[Karl Marx]]; Manifesto do Partido Comunista/I (veja:[[s:Manifesto do Partido Comunista/I|wikisource]])''
* "O que a história conta não passa do longo sonho, do pesadelo espesso e confuso da [[humanidade]]"
* "A história, a indefectível história, vai a reboque das [[idéia]]s"
::- ''"A Colmeia", de [[Camilo Cela]]''
* "Nunca admiro o acto ou o facto, mas apenas o espírito humano. O acto, o facto, são vestimentas e a história não é mais do que o velho guarda-roupa do espírito humano"
::- ''"A Batalha de Marengo", de [[Heinrich Heine]]''
* "A história é a ciência da [[infelicidade]] dos homens"
::- ''"Uma História Modelo", de [[Raymond Queneau]]''
* "A história não tolera as [[derrota]]s"
::- ''"Das Duas Culturas", de [[Charles Snow]]''
* "A história absolver-me-á"
::- ''"Discurso", de [[Fidel Castro]]''
* "Aquilo a que chamamos história é um esforço feito em favor dos outros, pago muito caro com o [[sofrimento]] dos homens"
::- ''"A Minha Grécia", de [[Georges Mangakis]]''
* "Quando falamos de história, temos o costume de nos refugiar no [[passado]]. É nele que se pensa encontrar o seu começo e o seu fim. Na realidade, é o inverso: a história começa hoje e continua amanhã"
::- ''"Exaltação e Orgulho", de [[D.N. Marinotis]]
* "A história é o incalculável impacto das circunstâncias sobre as [[utopia]]s e os sonhos"
::- ''"Encruzilhada dos Três Mundos", de [[Mariano Salas]]''
 
* "O assassínio jamais mudou a [[história]] do [[mundo]]"
::- ''Assassination has never changed the history of the world
:- ''[[Benjamim Disraeli]]''
:::- ''[[Benjamim Disraeli]] como citado in: The Illustrated London News - Volume 46 - [https://books.google.com.br/books?id=ToY-AQAAMAAJ&pg=PA430 Página 430], Illustrated London News & Sketch Limited, 1865
* "A história é a [[filosofia]] inspirada nos exemplos"
::- ''"Arte Retórica", de [[Dionísio Halicarnasso]]''
* "Aquela [[montanha]] de pó a que chamamos 'história'"
::- ''"Obiter Dicta, Carlyle", de [[A. Birrell]]''
 
* "Vou [[escrita|escrever]] o que acho ser [[verdade]], porque as [[lenda]]s dos gregos parecem ser muitas e [[riso|risíveis]]"
::- ''[[Hecateu de Mileto]], no século V a.C.''
:::- ''Fonte: "O que é História", livro de Vavy Pacheco Borges, Editora Brasiliense, 1998, 4a Edição, p. 18.''
 
* "A História é filha de seu tempo"
::- ''Fonte: De autoria do historiador [[Lucien Febvre]]. Frase citada em "O que é História", livro de Vavy Pacheco Borges, Editora Brasiliense, 1998, 4a Edição, p. 56.''
 
* "Desde que um homem assume atitude de historiador, tem que esquecer todas as considerações, como o amor aos amigos e o ódio aos inimigos... Pois assim como os seres vivos se tornam inúteis quando privados de olhos, também a história da qual foi retirada a verdade nada mais é do que um conto sem proveito."
::- ''[[Políbio]], historiador grego do século II a.C.''
:::- ''Fonte: "O que é História", livro de Vavy Pacheco Borges, Editora BRasiliense, 1998, 4a Edição, p. 20.''
 
* "A História e o [[tempo]] falarão por mim."
::- ''[[Getúlio Vargas]], ex-presidente Brasileiro, em 29 de outubro de 1945.''
:::- ''Fonte: [http://www.cpdoc.fgv.br/dhbb/verbetes_htm/5458_34.as Faculdade Getúlio Vargas, Verbetes Online].
 
* "A História é um [[romance]] que foi. O romance é a história que poderia ter sido.
 
* "Quem domina o passado domina o futuro: quem domina o presente domina o passado."
::- ''Fonte: [[George Orwell]]; livro "1984"''
 
* "[...] quando não se tem o hábito da história, os factos relativos ao passado parecem quase sempre inacreditáveis."
::- ''Fonte: [[Aldous Huxley]]; livro "Admirável Mundo Novo"''
 
* "A História é uma invenção humana"
::- Fonte: [[Nildo Viana]]; Livro: "A Consciência da História".
 
* "[Os historiadores] são os memorialistas profissionais do que seus colegas-[[cidadania|cidadãos]] desejam [[esquecimento|esquecer]]".
::- [[Eric Hobsbawm]] in Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p. 107. ISBN 85-7164-468-3
 
* "Houve outrora um funcionário chamado 'Lembrete'. O título na verdade era um [[eufemismo]] para cobrador de [[dívidas]]. A tarefa oficial era lembrar às pessoas o que elas gostariam de ter [[esquecimento|esquecido]]. Uma das mais importantes funções do historiador é ser um lembrete.
::- [[Peter Burke]]. Variedades de história cultural; tradução de Alda Porto. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000. p.89. ISBN 85-200-0517-9
 
* "A história... Testemunha dos tempos, luz da [[verdade]], vida da [[memória]], mestra da [[vida]], arauto da antiguidade."
*::- '' "Historia... Testis temporum, tux veritatis, vita memoriae, magistra vitae, nuntia vetustatis."
:::- [[Cícero]], ''Do Orador'', II apud RÓNAI, Paulo. Dicionário Universal Nova Fronteira de Citações. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 437.
 
* "A história não passa de um quadro dos [[crime]]s e dos infortúnios"
::- [[Voltaire]], ''O Ingênuo'', X, apud RÓNAI, Paulo. Dicionário Universal Nova Fronteira de Citações. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 437.
 
* "Ninguém [[mentira|mente]] tanto nem mais do que a história."
::- [[Marquês de Maricá]], ''Máximas'' apud RÓNAI, Paulo. Dicionário Universal Nova Fronteira de Citações. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 438.
 
* "Uma nação já não é bárbara quando tem historiadores."
::- Marquês de Maricá, ''Máximas'' apud RÓNAI, Paulo. Dicionário Universal Nova Fronteira de Citações. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 443.
 
* "A história é uma galeria de quadros onde há poucos originais e muitas cópias."
::- [[Alexis de Tocqueville]], ''O Antigo Regime e a Revolução'' apud RÓNAI, Paulo. Dicionário Universal Nova Fronteira de Citações. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 438.
 
* "A história não é uma [[ciência]], é uma [[arte]]. Nela só se logra êxito pela imaginação."
::- [[Anatole France]], ''O Jardim de Epicuro'' apud RÓNAI, Paulo. Dicionário Universal Nova Fronteira de Citações. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 439.
 
* "[[Escrita|Escrever]] a história é um modo de livrar-se do [[passado]]."
::- [[Johann Wolfgang von Goethe]], ''Arte e Antiguidade" apud RÓNAI, Paulo. Dicionário Universal Nova Fronteira de Citações. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 443.
 
* "Estou confiante em prever o colapso do [[capitalismo]] e do início da [[história]]. Algo vai mal na máquina que converte [[dinheiro]] em dinheiro, o sistema bancário entrará em colapso total, e vamos ter que fazer permuta de permanecer vivos".
::- ''I confidently predict the collapse of capitalism and the beginning of history. Something will go wrong in the machinery that converts money into money, the banking system will collapse totally, and we will be left having to barter to stay alive. ''
:::- ''[[Margaret Drabble]], in: Guardian (Londres, 2 de janeiro de 1993) [http://education.yahoo.com/reference/quotations/quote/27836;_ylt=ApShIkapht6irznY.FsMACRRCc0F]''
 
* "Não é por causa da [[covardia]] da [[mulher]], [[incapacidade]], nem, sobretudo, por causa de sua [[virtude]] superior geral, que ela vai acabar com a [[guerra]], quando sua [[voz]] for plena e claramente ouvida no [[governo]] de [[Estado]]s - é porque, neste ponto, e sobre este ponto praticamente sozinho, o [[conhecimento]] da [[mulher]], simplesmente como [[mulher]], é superior ao do [[homem]]; ela sabe a [[história]] da carne humana, ela sabe o seu custo, ele não."
 
*"Feliz do [[povo]] cujos anais estão vazios nos [[livro]]s de [[história]]!"
::- ''Happy the people whose annals are blank in history books!''
:::- ''[[Thomas Carlyle]] in A vida de Frederico o Grande (Life of Frederick the Great), Bk. XVI, ch. XVI, cap. 1''
 
*"A [[História]] é a [[essência]] de inúmeras biografias."
 
* A única lei da [[História]] é o imprevisto.
::-[[G. K. Chesterton]], escritor britânico; citado em "A formação do federalismo no Brasil" - página 36, João Camilo de Oliveira Torres - Companhia Editora Nacional, 1961 - 381 páginas.
 
*"O [[amor]] agrada mais que o [[casamento]], pelo mesmo motivo que os [[romance]]s divertem mais que a [[História]]."

Menu de navegação