Diferenças entre edições de "Anticristo, O"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
17 bytes removidos ,  11h27min de 7 de dezembro de 2014
Em o Anticristo Nietzche trata especificamente da questão do cristianismo como o próprio nome da obra diz. Por isso o termo budismo deve ser retirado.
(Em o Anticristo Nietzche trata especificamente da questão do cristianismo como o próprio nome da obra diz. Por isso o termo budismo deve ser retirado.)
[[w:O Anticristo|'''O Anticristo''']], escrita em [[1888]] e publicada em [[1895]], é uma das mais ácidas críticas de [[Nietzsche]] ao [[cristianismo]] e ao [[budismo]].
 
[[Nietzsche]] tornou-se um destruidor de ídolos e foi um crítico veemente de todos aqueles que se consideravam donos da verdade. Neste livro o autor faz ruir o Cristianismo como base valorativa do Ocidente, pois apresenta uma crítica contundente contra a instituição cristã, para ele, diferenciada do Cristo. A crítica do filósofo contra o Cristianismo é no sentido da negação desta vida em nome de outra no além.
Utilizador anónimo

Menu de navegação