Diferenças entre edições de "Monteiro Lobato"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
95 bytes adicionados ,  00h45min de 2 de setembro de 2010
 
*"O que a sua [[cabeça]] pensou ninguém o saberá jamais. Têm as [[idéias]] para escondê-las a caixa craniana, o couro cabeludo, a grenha: isso por cima; pela frente têm a [[mentira]] do olhar e a [[hipocrisia]] da boca. Assim entrincheiradas, elas, já de si imateriais, ficam inexpugnáveis à argúcia alheia. E vai nisso a pouca [[felicidade]] existente neste [[mundo]] sublunar. Fosse possível ler nos cérebros claros como se lê no papel e a [[humanidade]] crispar-se-ia de horror ante si própria...". ''do conto Pollice verso''
 
*"[[Progresso]] amigo, tu és cômodo, és delicioso, mas feio..." ''do conto Os faroleiros''
 
===América (1929)===
120

edições

Menu de navegação