Paulo Freire

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paulo Freire
Paulo Freire
Paulo Freire em outros projetos:

Paulo Freire. (19 de Setembro de 1921 - 2 de Maio de 1997). Educador brasileiro.


Confirmadas[editar]

  • "Pensar no amanhã é fazer profecia, mas o profeta não é um velho de barbas longas e brancas, de olhos abertos e vivos, de cajado na mão, pouco preocupado com suas vestes, discursando palavras alucinadas. Pelo contrário, o profeta é o que, fundado no que vive, no que vê, no que escuta, no que percebe (...) fala, quase adivinhando, na verdade, intuindo, do que pode ocorrer nesta ou naquela dimensão da experiência histórico-social."
- Fonte: "Pedagogia da Indignação"
- "Pedagogia do Oprimido". Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987, p. 78
  • "Ninguém educa ninguém, ninguém se educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo."
- Pedagogia do Oprimido. 9 ed., Rio de Janeiro. Editora Paz e Terra. 1981, p.79
  • “A grande generosidade está em lutar para que, cada vez mais, estas mãos, sejam de homens ou de povos, se estendam menos, em gestos de súplica. Súplica de humildes a poderosos. E se vão fazendo, cada ves mais, mãos humanas, que trabalhem e transformem o mundo... Lutando pela restauração de sua humanidade estarão, sejam homens ou povos, tentando a restauração da generosidade verdadeira”.
- "Pedagogia do Oprimido". 32a edição. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 2002, p. 31.
  • "Não é na resignação, mas na rebeldia em face das injustiças que nos afirmaremos."
- "Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa". 5. ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996, p. 87
  • "Um dos grandes pecados da escola é desconsiderar tudo com que a criança chega a ela. A escola decreta que antes dela não há nada."
- "Pedagogia da Autonomia: saberes necessários para a prática educativa".
- "Educação e mudança". 8.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983, p.35
  • "Quando o homem compreende a sua realidade, pode levantar hipóteses sobre o desafio dessa realidade e procurar soluções. Assim, pode transformá-la e o seu trabalho pode criar um mundo próprio, seu Eu e as suas circunstâncias."
- "Educação e Mudança". Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra
  • "O homem, como um ser histórico, inserido num permanente movimento de procura, faz e refaz constantemente o seu saber."
- "Educação como prática da liberdade". Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1981, p.47
  • "Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso, aprendemos sempre."
- "A importância do ato de ler: em três artigos que se completam", São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989, p. 31
  • "Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo".
- "A importância do ato de ler: em três artigos que se completam", São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989, p. 39
  • "A escola será cada vez melhor, na medida em que cada ser se comportar como colega, como amigo, como irmão."
- poesia "A Escola"
  • "Importante na escola não é só estudar, é também criar laços de amizade e convivência."
- poesia "A Escola"
  • "Criar o que não existe ainda deve ser a pretensão de todo sujeito que está vivo."
- Folha de S. Paulo, 8.1.1997
  • "Que é mesmo a minha neutralidade senão a maneira cômoda, talvez, mas hipócrita, de esconder minha opção ou meu medo de acusar a injustiça? "Lavar as mãos" em face da opressão é reforçar o poder do opressor, é optar por ele."
- Pedagogia da Autonomia
  • "Ninguém nasce feito, ninguém nasce marcado para ser isso ou aquilo. Pelo contrário, nos tornamos isso ou aquilo. Somos programados, mas, para aprender. A nossa inteligência se inventa e se promove no exercício social de nosso corpo consciente. Se constrói. Não é um dado que, em nós, seja um a priori da nossa história individual e social."
- Política e educação: ensaios - Página 104, Paulo Freire - Cortez Editora, 1993, 119 páginas

Atribuídas[editar]

  • "Não há saber mais ou saber menos. Há saberes diferentes."
- citado em Peregrinações: os Garros, letos em Ijuí - Página 63, Valentim Garros - 2002
  • "O mundo não é, o mundo está sendo."
- citado em Sessão das quatro: cenas e atores de um tempo mais feliz - Página 7, Blanchard Girão - ABC Fortaleza, 1998, 340 páginas
  • "Num país como o Brasil, manter a esperança viva é em si um ato revolucionário."
- citado em Imprensa - Edições 149-155 - Página 62, Feeling Promoção e Comunicação, 2000
  • "Nos anos 60 fui considerado um inimigo de Deus e da Pátria, um bandido terrível. [...] Hoje diriam que eu sou apenas um saudosista das esquerdas."
- Diário dos trabalhos revisionais, Edição 71, Brazil. Congresso Nacional, Poder Legislativo, Senado Federal, Centro Gráfico, 1994
  • "Descobri que o analfabetismo era uma castração dos homens e das mulheres, uma proibição que a sociedade organizada impunha às classes populares."
- citado em Trama e texto - Página 98, LUCIDIO BIANCHETTI - Grupo Editorial Summus, 2002, ISBN 8532307779, 9788532307774, 222 páginas
  • "A educação já foi tida como mágica, podia tudo, e como negativa, nada podia. Chegamos à humildade: ela não é a chave da transformação da sociedade."
- citado em Publicatio UEPG.: Ciências Humanas, ciências sociais aplicadas, lingüística, letras e artes - Página 66, Editora UEPG, 2005
  • "Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor."
- citado em ComeÇando Bem. Frases E Pensamentos,Página 66, Carlos H. Biagolini, Clube de Autores, 2009 - 129 páginas

Ligações externas[editar]

Acervo Paulo Freire - Uma coletânea de livros, artigos e materiais multimídia online