Ovídio

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ovídio
Ovídio
Ovídio em outros projetos:

Publius Ovidius Naso (43 a.C. - 18 d.C.), poeta latino.



  • "Aqui jaz Nasão, cantor de suaves amores, que pereceu por causa do próprio engenho."
- Fonte: [Epitáfio de Ovídio]
  • "Enquanto fores feliz contarás muitos amigos; quando o tempo se tornar nublado estarás só."
- donec eris sospes, multos numerabis amicos: tempora si fuerint nubila, solus eris.
- First Book of Ovid's Tristia (1821), Página 114 (Tristia, I, IX, 5-6.).
- Medio tutissimus ibis.
- Fonte: Metamorphoses, II, 137.; Veja obra completa no
  • "A boa consciência ri-se das mentiras da fama."
- Conscia mens recti famae mendacia risit.
- Ovid: Selections for the Use of Schools (1868), Página 58, (Fasti. IV. 179. 107.).
A boa consciência ri-se das mentiras da fama.
  • "Aconteça oque acontecer, a facilidade faz-me mal; do que me persegue eu fujo; o que me foge, isso eu persigo."
- Tradução: Carlos Ascenso André, Ovídio, Amores & Arte de amar (2011), página 168, (Amores, II, XIX, 35-6).
-Quilibet eveniat, nocet indulgentia nobis; Quod sequitur, fugio; quod fugit, ipse sequor.
-P. Ovidius Naso: Amores. Epistulae. De medic. fac. Ars amat. Remedia amoris (1855), Página 43 (Amores, II, XIX, 35-6).

Atribuídas[editar]

Question book-3.svg Este artigo ou secção não cita as suas fontes ou referências. Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes.
  • "Ah, que maldade introduzir carne em nossa própria carne, engordar nossos corpos glutões empanzinando-nos com outros corpos, alimentar uma criatura viva com a morte de outra! No meio de tanta riqueza como a terra, a melhor das mães, provê, nada, na verdade, te satisfaz, a não ser o comportar-se como os ciclopes, que infligem dolorosos ferimentos com seus dentes cruéis!".
  • "É leve a carga que levamos com prazer."
  • "Não se deseja aquilo que não se conhece."
  • "O bom texto não é escrito, é reescrito."
  • "Vossa lei é o amor."
  • " Se curvares cuidadosamente um galho de árvore, vergar-se-á, mas parti-lo-ás se empregares todas as tuas forças."
  • "(...)É preciso tirar proveito da idade; escapa-nos rapidamente e, por muito feliz que seja, nunca é como a anterior. (...) Colhei, pois, a flor, porque, se não o fizerdes, fanar-se-á e acaberá por cair."
  • "A arte não faz mais que imitar o acaso."