Moulin Rouge!

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Moulin Rouge! (Amor em Vermelho), filme lançado em 2001, e dirigido por Baz Luhrmann, conta a história de jovem poeta que desafia a autoridade do pai e vai para uma cidade de paris onde conhece um grupo de teatro , a cidade vive centrada ao famoso bordel Moulin Rouge onde se apaixona pela estrela Satine.



  • "A coisa mais importante que se pode aprender na vida é amar. E em troca, amado ser."
- "The greatest thing you'll ever learn is just to love and be loved in return."
  • "I owe you nothing. And you are nothing to me. Thank you for curing me of my ridiculous obsession with love."
- Tradução: "Eu não te devo nada. E você não é nada para mim. Obrigado por me curar da minha ridícula obsessão pelo amor."
- Christian
  • "Days turned into weeks, weeks turned into months. And then, one not-so-very special day, I went to my typewriter, I sat down, and I wrote our story. A story about a time, a story about a place, a story about the people. But above all things, a story about love. A love that will live forever. The End."
- Tradução: "Dias viraram semanas, semanas viraram meses. E então, num dia não tão especial, eu fui até minha máquina de escrever, eu me sentei, e escrevi nossa história. Uma história sobre uma época, uma história sobre um lugar, uma história sobre as pessoas. Mas acima de tudo, uma história sobre amor. Um amor que viverá para sempre. Fim."
- Christian
  • "Tell our story Christian, that way I'll always be with you."
- Tradução: "Conte nossa história, Christian, dessa forma eu sempre estarei com você."
- Satine
  • "Christian, you may see me only as a drunken, vice-ridden gnome whose friends are just pimps and girls from the brothels. But I know about art and love, if only because I long for it with every fiber of my being."
- Tradução: "Christian, você pode me ver apenas como um gnomo bêbado cujos únicos amigos são apenas cafetões e garotas dos bordéis. Mas eu sei sobre arte e amor, apenas porque desejo isso com todas as fibras do meu ser."
- Toulouse-Lautrec
  • "We have a dance in the brothels of Buenos Aires. It tells the story of the prostitute and a man who falls in love with her. First, there is desire. Then, passion. Then, suspicion. Jealousy. Anger. Betrayal. When love is for the highest bidder, there can be no trust. Without trust, there can be no love. Jealousy, yes, jealousy will drive you mad."
- Tradução: "Nós temos uma dança nos bordéis de Buenos Aires. Conta a história de uma prostituta e um homem que se apaixona por ela. Primeiro, há o desejo. Depois, paixão. Depois, suspeita. Ciúme. Raiva. Traição. Quando o amor é arrebatador, não há confiança. Sem confiança, não há amor. O ciúme, sim, o ciúme vai te deixar louco."
- Argentino
  • "The French are glad to die for love. They delight in fighting duels. But I prefer a man who lives... and gives expensive... jewels."
- Tradução: "Os franceses ficam contentes em morrer de amor. Eles se deliciam em duelos. Mas eu prefiro um homem que viva... e dê... jóias caras"
- Satine
  • "This ending's silly. Why would the courtesan go for the penniless writer? Whoops. I mean sitar player."
- Tradução: "Esse final é bobo. Por que a cortesã ficaria com o paupérrimo escritor? Ops. Eu quis dizer tocador de cítara."
- Nini
  • "Diamonds are a girls best friends."
- Tradução: "Diamantes são os melhores amigos de uma garota."
  • Christian: Diga-me a verdade.
    Satine: A verdade? A verdade é que eu sou a cortesã hindu... e eu escolhi o marajá.


Ligações externas[editar]

Ficha técnica