Leão X

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Papa Leão X
Papa Leão X
Leão X em outros projetos:

Papa Leão X, nascido Giovanni di Lorenzo de Médici (11 de dezembro de 1475 - 1 de dezembro de 1521), foi nomeado papa em 1513.


  • "Se nós fizemos trinta poderemos fazer trinta e um."
- Nota: Dito em 1º de julho de 1517, quando criou trinta novos cardeais.

Bula Exsurge Dómine[editar]

Exsurge Dómine, bula do papa Leão X (15 de junho de 1520), condenando as declarações de Lutero sobre o pecado, a confissão e a graça:

  • "É uma opinião herética, embora comum, que os sacramentos da Nova Lei dão a graça do perdão àqueles que não representam um obstáculo".
  • "Os cristãos, em vez de terem medo das excomunhões, devem aprender com elas."
  • "Os pecados não se perdoam a qualquer um, salvo quando um sacerdote os perdoa e ele crê que os pecados foram perdoados."
  • "Negar que depois do batismo de uma criança o pecado permanece é tratar com desdém tanto a Paulo como a Cristo."

Atribuídas[editar]

  • "Já que Deus nos concedeu o papado, apreciemo-lo."
- Suposta Declaração a seu irmão Giuliano. Nessa época seu irmao não estava em Roma, outros setores sustentam que ele lhe disse isto em uma carta, no entanto, a suposta carta de Leão jamais foi encontrada e apenas foi citada pelos seus inimigos, o que indica tratar-se de uma falsifição.[1][2]
  • "Quantum nobis prodeste haec fabula Christi"
- (serviu-nos bem esse mito de cristo)
- não existem fontes fiáveis que confirmem esta citação; James Patrick Holding em ensaio sustenta que esta atribuição foi elaborada por céticos da Igreja Católica, não havendo obras sérias que sustentem a afirmação, e aponta itens ainda sem resposta:
  1. Quando é que Leão X fez esta declaração? (o ano é suficiente)
  2. Para quem fez este comentário, e quem ouviu?
  3. Qual era o contexto que levou Leão fazer esta afirmação?
  4. Em que documentos que aqueles que ouviram-no, as relatou?
  5. Em que obras contemporâneas de tudo isso é relatado?
- A mais antiga fonte conhecida desta declaração é, na verdade, uma obra polêmica pelo protestante John Bale, o anti-católico Acta Romanorum Pontificum, que foi traduzido primeiro do latim para o Inglês como The Pageant of the Popes em 1574: "For on a time when a cardinall Bembus did move a question out of the Gospell, the Pope gave him a very contemptuous answer saying: All ages can testifie enough how profitable that fable of Christe hath ben to us and our companie." O Pope [Papa], neste caso, sendo Leão X.

Referências[editar]

  1. G. A .Cesareo, Pasquino e pasquinate nella Roma de Leone X, Rome, 1938
  2. Wotherspoon & Aldrich (Eds), Who’s who in gay and lesbian history, London, 2001