Johnny Depp

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johnny Depp
Johnny Depp
Johnny Depp em outros projetos:

John Christopher Depp II (nasceu dia 9 de Junho de 1963 em Owensboro, Kentucky, Estados Unidos da América); ator estadunidense.


Carreira[editar]

  • "Comecei a fumar aos 12 anos, perdi a virgindade aos 13 e experimentei todas as drogas que apareceram aos 14. Diga a droga que quiser, que já experimentei. Não diria que eu era um garoto do mal, era apenas curioso." [carece de fontes?]
  • "Os prêmios não são tão importantes para mim, do que quando encontro a uma criança de dez anos que diz, "Eu amo o Capitão Jack Sparrow.". [carece de fontes?]
  • "Eu faria qualquer coisa que o Tim [Burton] me pedisse, você sabe..." [carece de fontes?]
  • "Eu definitivamente era do género nunca mais, por favor, uma multidão. Eu estava muito surpreso, inacreditavelmente surpreso, como os piratas (filme) fizeram tantos admiradores lá fora. Eu ainda estou surpreso e emocionado." [carece de fontes?]
  • "Eu ainda sinto como se não tivesse terminado, porque, eu suponho, com um caráter assim, os parâmetros são um pouco mais largos. Ele é um caráter divertido. Eu realmente não estava esperando dizer adeus a ele." [carece de fontes?]
- (sobre Jack Sparrow)
  • "Oh, Eu não tenho certeza se qualquer um dos personagens realmente se foi embora, desapareceu. É agradável. Eu posso me lembrar quando eu estava a terminar Eduardo mãos-de-tesoura, o ultimo dia, enquanto estava olhando num espelho e alguém estava fazendo minha maquiagem pela última vez, colocando as aplicações e o prosthetics--isso, era como o 90º dia ou o 89º dia de filmagens e eu pensava--olhava e ia indo, "Wow. É isso. Eu estou dizendo adeus a este sujeito. Eu estou dizendo adeus a Eduardo mãos-de-tesoura." Mas na realidade, eu penso que ele ainda continua lá." [carece de fontes?]
  • "Tim (Burton) e eu soubemos, por causa de como nós trabalhamos juntos, nós colocariamos tanto humor quanto possível. Havia oportunidades que tinham sido perdidas no manuscrito, assim nós fomos como loucos inclui-lo o mais que possivel." [carece de fontes?]
  • "Eu não finjo ser o capitão estranho. Eu apenas faço o que faço." [carece de fontes?]
  • "Em qualquer uma de suas actuações, existe uma certa quantidade de si mesmo nelas. Tem de haver, caso contrário não é só actuando. É mentir." [carece de fontes?]
  • "Penso,que a única coisa a fazer é desfrutar o passeio enquanto você estiver sobre ele." [carece de fontes?]

Infância[editar]

  • “Quando eu era adolescente, era muito inseguro. Eu era o tipo de cara que nunca se ajustou com algo porque ele nunca ousaria a escolher algo para si. Eu absolutamente não tinha talento. Para nada. E isso fez com que toda minha ambição fosse embora também.” [carece de fontes?]
  • "Eu cresci num tipo de ambiente familiar diferente, embora eu não sabia, que estava vivendo uma espécie de existência estranha até que comecei a ir para casas de outras crianças e via como elas viviam. Também vivia muito isolado e alienado na escola e algumas crianças e um professor em particular gostavam de pegar no meu pé. Então isto de certa forma me fez bastante defensivo e irritado em alguns aspectos e você quer fazer alguma coisa para escapar desse tipo de agressão que está vivendo." (2004) [carece de fontes?]
  • "Uma das maiores obras de aconselhamento que eu já obtive na minha vida foi por parte da minha mãe. Quando eu era miúdo, era constantemente incomodado e troçado por colegas na escola por ser calado. E ela disse, "Certo, eu vou dizer o que deve fazer." Ela disse: " A esses garotos que o incomodam. Você pode pegar a pedra mais próxima ameaçando-os, ou simplesmente ignorá-los." E eu fiz! E me senti melhor. Portanto, para mim, foi uma grande lição, porque alguém tinha invadido meu espaço; invadiu o meu ser, você sabe, e estava a fazer algo contra mim que eu não pedi para ser feito. Então eu assumiu o controlo da situação e corri com ela. E muitos anos mais tarde, depois de ser transformado em um produto por uma empresa muito grande que tiveram todas suas mãos sobre mim e eu não podia fugir dele, prometeu-me que eu gostaria de continuar a avançar e fazer o meu melhor para não comprometer em qualquer forma, não permitir que alguém ponha as mãos sobre mim. Portanto este é o melhor conselho que eu poderia dar, é apenas para seguir em frente, e não dar uma merda que ninguém entende, sabe. Basta seguir em frente e fazer o que você tem que fazer por você." [carece de fontes?]
  • 'Eu era um desajustado, Me senti tão deslocado. Tive sorte. Encontrei uma mulher que me compreendia e sabia como consertar as esquisitices da minha cabeça." [carece de fontes?]
  • "Tento não pensar tanto nesta época, porque é tão triste e confusa. E, além do mais, não dá pra mudar o passado." [carece de fontes?]
- (ao falar da sua infância, Johnny Depp disse que não tem boas lembranças)
  • "Minha mãe e meu pai não eram pessoas particularmente musicais. Mas eu tinha um tio que era pastor e tocava bluegrass no violão. Então, a cerimônia de domingo era algo assim: “Aleluia, irmãos e irmãs”, para logo em seguida ele começar a dedilhar [a canção religiosa] “Stepping on the Clouds”. Foi aí que eu peguei o vírus: vendo meu tio tocar com seu grupinho de gospel, bem na minha frente." [carece de fontes?]
- Johnny Depp, em entrevista, ao ser perguntado se a sua familia era musical
  • "Quer dizer, o que era suposto eu dizer? Ele falou comigo. Lembro-me que uma vez, este professor humilhou-me na frente de toda a classe. Ele não tinha nenhum tempo para mim, então, e agora, de repente, ele quer o meu autógrafo? Todos eles achavam que eu não valia a pena, não era importante." [carece de fontes?]
-Johnny Depp, falando do fato de um professor ter-lhe pedido um autografo

Paparazzis[editar]

  • "Se vocês querem fotografar minha família, tragam teleobjetivas. Porque, se eu conseguir colocar minhas mãos em vocês, a coisa vai ficar feia."
- irritado com fotógrafos que rondam sua casa; citado em Revista Veja, Edição 1812 . 23 de julho de 2003
  • "Eu não me importo se tirarem (paparazzi) uma foto minha. Eu não me importo se eles tirarem uma fotografia da Vanessa, somos adultos. Mas quando começam a tirar fotografias dos meus filhos e a colocá-los em suas revistas, eu não posso apoiar. Apenas certifique-se de que você está realmente muito longe, porque se eu conseguir colocar as minhas mãos em vocês, a coisa vai ficar feia." [carece de fontes?]
- (em um dos seus confrontos com os papparazzis)
  • "Eles colocam esses nomes, esses rótulos --'o rebelde' ou tudo que; tudo que que eles gostam de usar. Porque eles precisam de um rótulo; eles precisam de um nome. Eles precisam algo para pôr a etiqueta de preços na parte de trás." [carece de fontes?]
- (falando das revistas)
  • “Tenho certeza de que um dia isso será possível. Talvez quando eu envelhecer, eles (os fotógrafos) se cansem de mim... ’Você não costumava ser Johnny Depp?’ Esse é meu objetivo... Isso definitivamente faz de você um estranho, quando você tem muitas pessoas na sua cola." [carece de fontes?]
  • “Fama, reconhecimento – isso não é um problema tão grande na Europa. As pessoas parecem entender que você apenas tem um trabalho diferente. Eles não ficam correndo atrás de você, tentando esculpir pedaços de você. Isso é esquisito nos Estados Unidos. A maioria dos fans aqui é ótima, mas há muitos que viram seus filmes e sentem que conhecem você. Eles acham que está certo tocar em você e perguntar coisas sobre sua vida pessoal.” [carece de fontes?]

Familia[editar]

  • "Brincar de Barbie é uma ótima atividade para fazer com as crianças. Eu adoro."
-Que gosta de brincar de boneca com a filha Lily-Rose
-Fonte: Revista VEJA, Edição 1965 . 19 de julho de 2006
  • Ter uma família me deu tudo. Um razão para viver. Uma razão para aprender, razão para respirar, uma razão para cuidar. Deu-me tudo. (2003) [carece de fontes?]
  • "Mais que tudo, eu gosto de estar com a minha família. Eu sou totalmente caseiro, só saio com meus filhos." [carece de fontes?]
  • Quando eu tenho os meus filhos e a minha mulher comigo, eu estou bem. (2003) [carece de fontes?]
  • "Eu amo a nossa casa no país (França). Posso andar pela aldeia vizinha e tomar um café e ninguém noticiar isso. Eu sou apenas mais um pai comum. O tempo que eu passei em França com Vanessa tem solidificado a minha convicção de que eu posso manter uma grande distância de Hollywood e ainda manter-me no jogo. Agindo é a minha vida, mas eu não quero viver isso. Viver em França é a primeira vez que posso dizer honestamente que me sinto em casa." [carece de fontes?]
  • Estar com a Vanessa e ter filhos fez com que as coisas ficassem mais fáceis e claras para mim. Não há mais nada escuro no meu mundo. Eu vejo o nosso filho ou filha brincando á volta da casa ou aprendendo novas coisas e eu pergunto a mim mesmo se haverá alguma coisa mais bonita que essa. (2004) [carece de fontes?]
  • Estar em França foi íncrivel, primeiro porque eu não falava a língua. Eu adorava isso, porque eu não tive que falar. Foi íncrivel estar com as pessoas e não ter a responsabilidade de dizer qualquer coisa. (2004) [carece de fontes?]
  • "Toda a gente tem uma certa dose de vaidade. Precisamos disso nem que seja para lavar os dentes e sair de casa de manhã. Mas como actores temos de nos desembaraçar disso e dizer: "Seja o que for." Sempre fiz o meu melhor para evitar tornar-me um produto de Hollywood. Não procurei estrelato ou adulação. Durante muito tempo tinha muito êxito em ser um fracasso, mas as pessoas ainda me contratavam. A minha família é o meu santuário. Vivo para eles agora. Encontrei uma razão para existir. Não há nada como isso. Se fosse preciso, ficaria sem nada do que tenho para conservar a minha família. Sinto que estou totalmente onde quero estar. 99,9 por cento disso é devido ao facto de ter sido abençoado com a minha mulher e os meus filhos. Eles deram-me vida e são o melhor presente do mundo. Por isso sinto-me muito realizado." [carece de fontes?]
- em resposta, ao ser perguntado se era uma pessoa vaidosa
  • "Quando as crianças alcançam um ano de idade, é como segurar um bêbado em miniatura. Você tem que os segurar senão caem. Eles batem em coisas. Eles riem e choram. Eles urinam. Eles vomitam." [carece de fontes?]
  • "Todas as coisas profundas batem em você quando sua criança chega ao mundo. Então você conheceu sua razão para viver." [carece de fontes?]
  • "Isso é a coisa interessante sobre se tornar pai. De repente você tem em comum universalmente algo com outras pessoas. Eu posso estar sentando próximo a um homem de negócios muito direto, sem humor ou um tipo de corretor de títulos num avião e nós começaremos falando sobre crianças. E aquela conversação dura três ou quatro horas." [carece de fontes?]
  • "O fato de eu ser pai é a coisa mais surpreendente. Eu amo minha família, muito. E aqui é a parte onde eu me torno o pai de clichê: Eu nunca tenho em meu pensamento de vida que era possível sentir tal amor fundo, tal conexão incrível para este pequeno ser humano surpreendente. Ela é um anjo." [carece de fontes?]
  • "Estamos tentando ficar na França por seis meses e em Los Angeles os outros seis. Não gosto de ficar em um lugar por muito tempo. Sempre fui totalmente nômade. Penso que é bom para as crianças escapar e ver o mundo. Há outros lugares mais interessantes do que somente os Estados Unidos” [carece de fontes?]
  • “Vanessa e eu nos consideramos marido e mulher desde o dia em que começamos a morar juntos. Nós apenas não entramos em todas as formalizades de legalizar nossa união.” [carece de fontes?]
- ao conhecer o pai de Vanessa Paradis e contar a ele que ela estava grávida depois de apenas 3 meses juntos.
  • Também adoro o Brazil, acho um país incrivel. Tenho uma amiga muito especial la, a Omidarê Apolinário. Nos conhecemos ja a algum tempo ela é de mais."

Sobre os Estados Unidos[editar]

  • “Não sou otimista sobre a sociedade. Estamos numa era em que tudo tem ido muito longe. É um mundo feio... Estou honestamente assustado com os EUA em relação à educação da minha filha. Não acredito que há opção para ela lá. Nunca educaria meus filhos nos Estados Unidos." [carece de fontes?]
  • "Então o Sonho Americano - penso que não existe em absoluto. Acho que é propaganda." [carece de fontes?]
  • "Eu sou um americano. Eu amo meu país e tenho grandes esperanças para ele. É por isso que eu falo francamente e às vezes o critico. Eu grandemente beneficiei da liberdade que existe em meu país e para isso eu estou grato." [carece de fontes?]
  • "Homens e mulheres em posição de poder no governo dos Estados Unidos mostraram ser idiotas ao optar entrar em guerra no Iraque e criticar Paris por sua oposição ao conflito".
- entrevista à revista alemã Stern, afirmando que o presidente George W. Bush é "um dos piores mentirosos que ele já viu"- vive no sul da França, casado com a cantora e atriz francesa Vanessa Paradis, com quem tem dois filhos.
  • “L.A é muito rápida, muito adiantada. Lá há muito de tudo, simplesmente muito. Na França, eu posso ter distância e sorte de ver o jogo pelo o que ele é, de preferência, que tentar entendê-lo de dentro. Eu não estou nadando em um prato de sopa. Eu não estou cozinhado demais nessa grande panela.” [carece de fontes?]
  • “Eu poderia sentar lá todos os dias e não fazer nada, apenas vê-los crescer. Sou totalmente inspirado por eles.“
- Sobre seus filhos, Lily-Rose e Jack.

Outras[editar]

  • "Penso em fundar minha própria companhia aérea, a Air Smoke. Nela, fumar será obrigatório."
- Johnny Depp, ator fumante, que mora em Paris, "onde as pessoas são praticamente estimuladas a fumar"; citado em Revista Veja, Edição 1 766 - 28 de agosto de 2002.
  • “Eu sou tímido, paranóico, qualquer coisa do tipo. Eu odeio fama. Eu tenho feito tudo o que eu posso para evitá-la.” [carece de fontes?]
  • “Minha imagem de mim mesmo ainda não é certa. Não importa o quão famoso eu seja, não importa quantas pessoas vão ver meus filmes, eu ainda tenho a idéia de que eu sou aquele cara pálido e sem esperanças que eu estava acostumado a ser. Um cara pálido e sem esperanças que aconteceu de dar um pouco de sorte agora. Amanhã tudo isso vai acabar e terei que voltar a vender canetas.” [carece de fontes?]
  • "Há quatro perguntas de valor na vida ... O que é sagrado? De que é feito o espírito? O que é importante na vida, e por que vale a pena morrer? A resposta para cada uma é o mesmo. Apenas amor." [carece de fontes?]
  • "Eu tento ficar em um estado constante de confusão de expressão partindo da minha face." [carece de fontes?]
  • "Há um passeio em mim que não me permite fazer certas coisas pelo caminho mais facil." [carece de fontes?]
  • "Você usa seu dinheiro para comprar privacidade porque durante a maioria de sua vida não lhe permitem ser normal." [carece de fontes?]
  • "Eu sou um romântico? Tenho visto "Wuthering Heights" umas 10 vezes. Eu sou um romântico." [carece de fontes?]
  • "Se você ainda não fez alguns erros pelos 28 anos, é anormal." [carece de fontes?]
  • "Eu parei de fumar. Parei de vez. Depois de todos esses anos, eu finalmente me toquei. É realmente sem sentido." [carece de fontes?]
  • "Uma mulher que rouba seu amor quando seu amor é realmente tudo que você tem, não tem muito de mulher" [carece de fontes?]
  • "A única fofoca que eu estou interessado é coisas das Notícias de Mundo Semanais - 'os estouros de sutiã de Mulher, 11 feridos.' Aquele tipo de coisa." [carece de fontes?]
  • "As únicas criaturas que são evoluídas o bastante para carregar o amor puro são cachorros e crianças." [carece de fontes?]
  • "Meu corpo é meu diário e minhas tatuagens são minha história." [carece de fontes?]
  • "A beleza, a poesia do medo nos olhos deles. Eu não me importei em ir encarcerar para, o quê, cinco, seis horas? Valia absolutamente isto." [carece de fontes?]
  • "Tudo aquilo que importa é o final, é a parte mais importante da história e este aqui é muito bom. Este aqui está perfeito" [carece de fontes?]
  • "Marlon Brando é talvez o maior ator dos últimos dois séculos. Mas a mente dele é muito mais importante que a coisa suplente. O modo que ele olha para coisas, não julgue coisas, o modo que ele avalia as coisas. Ele é tão importante quanto, uh... quem é importante hoje? Jesus, não muitas pessoas... Stephen Hawking!" [carece de fontes?]
  • "Meu corpo é de certo modo um diário. É como os marinheiros faziam, onde toda tatuagem significou algo, um tempo específico em sua vida quando você faz uma marca em você, se você faz isto em você com uma faca ou com um artista de tatuagem profissional." [carece de fontes?]
  • "Há males necessários. Dinheiro é uma coisa importante em termos de representar liberdade em nosso mundo. E agora eu tenho uma filha para pensar. Realmente pela primeira vez eu pensei no futuro e o que poderia ser." [carece de fontes?]
  • "Esta é uma sociedade cheia de rumores e se as pessoas ao redor querem um local para falarem sobre com quem eu possivelmente ando, então eu diria que elas têm muito tempo livre e deveriam considerar outros tópicos... ou masturbação." [carece de fontes?]
  • "Eu sou um sujeito antiquado. Eu quero ser um homem velho com uma barriga de cerveja que senta em uma varanda enquanto olha para um lago." [carece de fontes?]
  • "Tudo se concretizou em - tempos bons, tempos ruins, que não significaram. Não havia nenhuma cerimônia. Não era igual 'Certo, isto só aconteceu, eu tenho que ir cortar um pedaço de minha carne fora.'" [carece de fontes?]
  • "Eu li que eu estava na cama com ela. Eu a conheci e foi assim: 'Como você está?' 'Oi, como vai?' Agora quando qualquer um pergunta sobre meu caso com Madonna que eu digo nenhum - era o Papa. Ele correu me de lá para fora." [carece de fontes?]
- (sobre os rumores de um possivel caso com Madonna)
  • "Eu deveria ser posto imediatamente em uma instituição pelo pensamento que eu poderia escapar disso. Estas duas coisas são opstas. Para ser um diretor, você tem que estar em controle completo do jogo, controle completo dos ambientes, e muito atento, o que está sendo usado e o que não está sendo usado... É loucura. Para ser um ator, você tem que ser, de certo modo, descontrolado." [carece de fontes?]
  • "Vida satisfatória, e por que não seria? Eu sou pirata, afinal de contas." [carece de fontes?]
  • "O meu único medo de ir para o Brasil é nunca mais querer sair de lá." [carece de fontes?]
  • “Claro que espero que um filme dê certo, mas não quero saber quem é o mais sexy, quem está fazendo mais dinheiro ou ‘catando’ mais mulher. Quero me manter ignorante quanto à isso. Quero ficar o mais afastado possível desse mundo”. [carece de fontes?]
  • “Dizer que eu abri uma boate pra permitir que pessoas usem drogas, mesmo que no banheiro – Pensam que eu sou louco? Acham que eu iria arremessar tudo pra longe – mesmo o futuro das minhas crianças, então pessoas poderiam ficar drogas em uma boate? Isso é loucura.” [carece de fontes?]
- Sobre The Viper Room
  • “Muito tempo depois de a humanidade incinerar o mundo, as únicas coisas que permaneceram vivas foram as baratas… e Keith Richards”
- Sobre Keith Richards no Scream Awards 2009

Sobre[editar]

- Lily-Rose
  • "Lembro-me que quando conheci Johnny Depp, ele não tinha idéia que poderia ser um ator. Eu disse, "eu realmente acho que você seria um ator, que tem essa capacidade." Isso foi apenas como jogar um jogo de Monopoly com ele. Enviei-lhe ao meu agente e ele abriu-lhe a uma carreira de sucesso." [carece de fontes?]
- Nicolas Cage
  • "Johnny [Depp] é tão especial que ele é como um marciano. Na realidade, isso é o que eu o chamo, marciano." [carece de fontes?]
- Penelope Cruz
  • "Eu nunca fui despertado sexualmente por um homem. Mas eu ainda tenho que beijar o Johnny Depp, assim você nunca sabe." [carece de fontes?]
- Dave Navarro
- Casper Van Dien
  • "A primeira vez que eu fui conhecer o Terry, eu disse, 'Por que o Johnny Depp não está fazendo este filme?'" [carece de fontes?]
- Matt Damon
  • "Todo o mundo me pergunta isto, se eu estou ligeiramente aborrecida que eu não consegui beijar o Johnny Depp... Nós teríamos rido." [carece de fontes?]
- Kate Winslet
  • [Dois contos de filme navegante recarregaram o gênero: Johnny Depp deslumbrou dentro] os Piratas do Caribe... O mestre e chefe: O lado distante do mundo." [carece de fontes?]
- Russell Crowe
  • "Nosso desafio cada ano escolhendo um, é achar alguém que é um artista altamente realizado sobre quem nós almejamos para saber mais... Johnny Depp é tal um artista. Ele fez escolhas interessantes, arriscadas na carreira dele e evoluiu em um dos atores mais absorventes de nosso tempo." [carece de fontes?]
- Christian Gaines