D. H. Lawrence

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
D. H. Lawrence
D. H. Lawrence
D. H. Lawrence em outros projetos:

D. H. Lawrence, pseudônimo de David Herbert Lawrence (11 de setembro de 1885 - 2 de março de 1930), escritor inglês.


  • "Eu nunca vi algo selvagem ter pena de si mesmo, um pássaro cairá morto de um galho sem jamais ter sentido pena de si mesmo."
- "I never saw a wild thing / Sorry for itself. / A small bird will drop frozen dead from a bough / without ever having felt sorry for itself."
- The Complete poems of D. H. Lawrence, Página 13, David Herbert Lawrence, Wordsworth Editions, 1994 - 352 páginas.
  • "O amor é a flor da vida, que floresce inesperadamente, sem lei, e deve ser escolhido onde for encontrado e vivido pelo breve de sua duração".
- love was the flower of life, and blossomed unexpectedly and without law, and must be plucked where it was found, and enjoyed for the brief hour of its duration.
- The Rainbow - Página 347, D. H. Lawrence - Wordsworth Editions, 1995, ISBN 1853262501, 9781853262500, 418 páginas
  • "Em substituição de Hell Row, edificaram os Bottoms."
- do livro Filhos e Amantes
  • “As irmãs não se entregavam a grandes conversas. Agatha, loura, baixa e decidida, revoltava-se contra a atmosfera doméstica, contra a doutrina da “outra face”. Virava-se só no mundo, e estava a ponto de conquistar a sua independência. Insistia no valor dos juízos mundanos, das aparências, das maneiras, da situação social, coisas que Miriam desdenhava.”
- do livro Filhos e Amantes
  • “-As mulheres são tão felizes como os homens.
-Acha que sim? Os homens têm tudo o que querem.
-Penso que as mulheres deviam estar tão contentes de serem mulheres, como os homens de serem homens.
-Não. –Abanou a cabeça e repetiu: -Não. Os homens conseguem tudo.”
- do livro Filhos e Amantes